quarta-feira, 22 de junho de 2016

Povoado de Santo Antônio 2016【S.RIO】


O povoado de Santo Antônio, além de ser um marco inicial da povoação de Porto Velho, hoje tem um atrativo a mais. O Centro Cultural Indígena e Memorial Jorge Teixeira está de portas abertas desde o primeiro semestre de 2016. O espaço é administrado pelo Exército, e conta com diversas atrações, entre fotos, documentos, vídeos, maquetes e muita informação sobre índios e sobre Marechal Rondon, o grande desbravador e Patrono das Comunicações no Brasil. 

Marechal Rondon é a única personalidade a ser homenageada com o nome de um Estado: Rondônia. Ele foi o responsável pela instalação das linhas telegráficas ligando o sul do país à então selvagem floresta Amazônica. O picadão aberto por Mal. Rondon, de sul à norte do atual Estado de Rondônia, serviu de referência para abertura da rodovia BR-029, hoje BR-364, que liga Cuiabá/MT a Rio Branco/RO, cortando todo o Estado de Rondônia. 

Além do Centro Cultural Indígena e Memorial Marechal Rondon, no povoado de Santo Antônio o visitante pode conferir ainda:

1 Vista da Hidrelétrica de Santo Antônio;
2 Vista parcial do Rio Madeira;
3 Igrejinha de Santo Antônio, construída em 1913;
4 Cemitério de Santo Antônio, o maior do Estado;
5 Marco da divisão Mato Grosso-Amazonas, de quando Rondônia não existia;
6 Obelisco ao Primeiro Centenário da Independência do Brasil - 1822-1922;
7 Vila da Candelária, logo ali nas proximidades;
8 Cemitério da Candelária, também perto, e onde enterraram os operários estrangeiros que morreram durante a construção da épica Estada de Ferro Madeira-Mamoré;
Postar um comentário