sexta-feira, 17 de novembro de 2017

O Brasil não é um país pra se levar a sério


Estou indignado, revoltado, irado com o que fizeram no Rio de Janeiro! E tudo por conta desse sistema político e desgraçado que existe nesse país, e que só favorece os que tem dinheiro ou são influentes. Que Constituição Republicana é essa que diz que todos são iguais perante a lei, mas a própria trata de forma diferenciada uns poucos em detrimento de toda uma coletividade. Sim, estou falando dos políticos que são cheios de prerrogativas que os tornam inabaláveis e acima do que é certo e da própria lei que só alcança "a ferro e fogo" os cidadãos comuns. 



Fiquei com tanta raiva e ao mesmo tempo consternado com o que aconteceu no Rio Janeiro. Enquanto vários servidores com os salários atrasados estavam do lado de fora da Assembleia Legislativa, lá dentro a maioria dos deputados celebravam a impunidade livrando da cadeia o Presidente de Casa e outros deputados envolvidos em corrupção. Todos haviam sido condenados à prisão pela Justiça Eleitoral. 

É inadmissível que um Estado falido promova esse tipo de imoralidade escrota e imunda para população que está sofrendo tão drasticamente os malefícios da "roubalheira"; da dilapidação do dinheiro público, da praga dessa corrupção desvairada que tomou conta daquele Estado e está entranhada nos mais diversos organismos públicos desse país e no próprio meio social.

Eu sou a favor, e espero estar vivo pra um dia ver a decretação de pena de morte para políticos bandidos, e não qualquer morte, tem que ser morte feia, doída, sangrenta para os outros pensem duas vezes antes de imaginarem qualquer ato de corrupção. 

Aliás, esses desgraçados, os políticos corruptos; bando de pragas, hoje mesmo deveriam estar sendo dedetizados desse mundo se estivessem sendo julgadas e condenadas pelo Tribunal Penal Internacional por crimes contra a humanidade, afinal, roubar dinheiro público que deveria ser destinado para saúde; aos hospitais, prontos socorros, unidades de saúde, trata-se sim de crime contra a humanidade. 

As milhares de pessoas que morrem porque não são atendidas na rede pública, a qual é deficiente e muito mal aparelhada, certamente estão sendo ASSASSINADAS PELOS POLÍTICOS CORRUPTOS QUE ROUBARAM O DINHEIRO QUE DEVERIA ESTAR SENDO USADO NA ASSISTÊNCIA À SAÚDE DE TODA A POPULAÇÃO.

Postar um comentário