sábado, 22 de fevereiro de 2014

Cheia do Rio Madeira | 21.02.2014 RUAS INUNDADAS【S.RIO】


No último dia 21 de fevereiro o rio Madeira alcançou o nível histórico de 18 metros, e continua subindo, afinal ainda estamos no período de chuvas nessa região da Amazônia Internacional. Em decorrência desta cheia histórica cerca de 1500 família estão desabrigadas em Porto Velho, e as cidades de Nova Mamoré e Guajará-Mirim (interior de Rondônia) já estão isoladas, bem como o Estado do Acre, onde alguns moradores já estão estocando combustível e alimentos. 

Este vídeos apresenta a situação em que se encontra o bairro Baixa da União e região  em Porto Velho, onde o acesso só é possível através de pequenas embarcações.

O prédio do Tribunal Regional Eleitoral foi tomado pelas águas, o que ensejou que mais de 1000 urnas entre outros equipamentos fossem tirados do lecal e levados para o Tribunal de Justiça do Estado, a fim de que não corressem riscos de estragarem. E diante da situação o presidente da Corte Regional foi até Brasília pedir recursos junto ao Tribunal Superior Eleitoral, ocasião em que obteve o apoio irrestrito do Min. Marco Aurélio, uma vez que estamos em pleno ano eleitoral bem como a situação de calamidade ter sido imprevisível.

No Parque Madeira-Mamoré as águas avançaram ainda mais, alagando todos os galões da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré e a locomotiva 50, e agora está se aproximando da antiga Estação Ferroviária de Porto Velho, atual Administração do parque, e da locomotiva 18. E soldados do Exército estiveram hoje recolhendo as demais peças do Museu da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, sendo que alguma já estavam totalmente perdidas devido ao tempo em que estiveram no local alagado.

ERRATA: onde se lê em uma das legendas "TRE - Tribunal Regional Federal", leia-se: "TRE - Tribunal Regional Eleitoral". 












Postar um comentário