domingo, 19 de julho de 2015

Operação Lei Seca de Rondônia - 3 anos Salvando Vidas


Neste ano de 2015 a Operação Lei Seca de Rondônia comemora seus três anos de efetiva de realização em Porto Velho e atual expansão para o Interior do Estado. A operação teve início em Rondônia no mês de março de 2012, mas o seu aniversário de três anos só pôde ser comemorado nesse mês de julho, em virtude de questões burocráticas. A Diretoria Executiva de Operações do DETRAN/RO, com a parceria da Gerência da Qualidade e Gerência de Comunicação Social, organizou três dias de palestras e troca de experiências entre os profissionais do DETRAN/RO e da PM/RO com os convidados especiais dos Estado do Rio de Janeiro e Santa Catarina.


No dia 16 de julho houve a solenidade de abertura do evento "Operação Lei Seca de Rondônia - 3 anos Salvando Vidas", realizada no auditório do Tribunal Regional do Trabalho - TRT 14ª Região, que contou com a participação de vários servidores, policiais militares e demais convidados ilustres, os quais foram recebidos pelo Diretor Executivo de Operações, Hugo Guilherme Correia, e pelo Diretor Geral do DETRAN/RO, José de Albuquerque Cavalcante. Entre as autoridades presentes, como o Secretário de Estado de Segurança, Defesa e Cidadania Adjunto (SESDEC), Coronel PM César Adilson Bandeira Pinheiro; o Comandante da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (CIATRAN), Major Alexandre de Lima Souza; o representante da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal de Rondônia (PRF/RO; o representante da Base Aérea de Porto Velho (BAPV); o representante do TRT 14ª Região; o representante da Secretaria de Estado da Saúde (SESAU); também abrilhantaram o evento os convidados especais Major Ricardo Alves da Silva, Palestrante e Sub-comandante do 20º Batalhão da PM/SC em Concórdia; o Major Marcelo Abel da Rocha, Coordenador da Operação Lei Seca do Rio de Janeiro; Marco Aurélio Santos e Ana Paula Carius Constâncio, ambos Coordenadores de Equipe da Operação lei Seca do Rio de Janeiro. 


Neste evento o Diretor Geral do DETRAN/RO, em seu discurso, afirmou que em breve a Operação Lei Seca de Rondônia será finalmente regulamentada, e que isso é uma preocupação do próprio Governador do Estado. O Diretor Executivo de Operações e o Comandante da CIATRAN, parabenizaram e agradeceram os servidores e policiais militares pelo empenho, e atribuiu a eles os bons resultados da Operação Lei Seca no Estado, especialmente à redução de mortes decorrentes de acidentes de trânsito.


Em sua apresentação, o Major Ricardo explanou sobre a importância de somarmos esforços por um trânsito mais seguro, bem como destacou a importância da trilogia "Educação, Engenharia e Enforcement", sendo este último a fiscalização e a punição. Alertou também para a importância de se usar os recursos do Código de Trânsito Brasileiro para além de fiscalizar, também punir, a fim de mostrarmos que não só a teoria mas também a prática da legislação de trânsito funciona, e assim, contribuir para a prevenção de acidentes futuros, afinal, quando se sabe que a punição é certa, muitos pensarão duas vezes antes de cometerem qualquer infringência às normas do trânsito.



O Major Rocha em sua apresentação mostrou o funcionamento da Operação Lei Seca do Rio de Janeiro, a qual é regulamentada como política de Governo, sendo a sua coordenação geral vinculada à Secretaria de Governo do Estado do Rio, isto é, mais próxima da pessoa do Governador do Estado. Segundo o major, a Operação Lei Seca fluminense conta com agentes da Polícia Militar, servidores do DETRAN/RJ e servidores da Secretaria de Governo, os quais desenvolvem atividades de educação de trânsito voltadas exclusivamente para a Operação Lei Seca, e blitzes de fiscalização de domingo a domingo, com abordagem média de 180 veículos por evento.

O depoimento da Coordenadora de Equipe do Rio de Janeiro, Ana Paula Carius Constâncio, acompanhada do Coordenador Marco Aurélio, chamou a atenção dos presentes para os riscos da ingestão de bebida alcoólica seguida da direção de veículo automotor. Ela é uma cadeirante, vítima da imprudência de um condutor no trânsito, e que usa seu exemplo para mostrar de forma impactante o que a imprudência e o desrespeito no trânsito podem culminar, a por fim, fez o apelo: "se forem baber, não dirijam". 


O servidor Sáimon Rio, da Diretoria Executiva de Operações do DETRAN/RO, destacou a notícia veiculada no editorial online do jornal Folha de São Paulo, em que mostra Rondônia como estado líder na redução de mortes no trânsito, superando inclusive o Estado do Rio de Janeiro, e apontou como causa preponderante para este ótimo resultado a Operação Lei Seca desenvolvida no Estado. O servidor também explanou um breve histórico da Operação Lei Seca de Rondônia, a qual, segundo ele, teria sido idealizada a princípio pelo atual Deputado Estadual, Ayrton Gurgacz, à época Vice-Governador e Diretor Geral do DETRAN/RO, o qual teria assistido uma palestra sobre a Operação Lei Seca no Nordeste, e impressionado com o trabalho e os resultados trouxe a ideia para o Estado de Rondônia, sendo acolhida pelo Governador do Estado, que mais tarde designou a implantação dos trabalhos em Rondônia. No final de 2011 foram designados a coordenar este trabalho o Diretor Executivo de Operações do DETRAN, Hugo Guilherme Correia, e o Comandante da CIATRAN, à época Major Cristiano Silva Lisboa, hoje, Coronel PM Lisboa, os quais realizaram ainda naquele ano uma visita técnica à Coordenação Geral da Operação Lei Seca do Estado do Rio de Janeiro, tendo em vista aquele Estado ter sido o primeiro a desenvolver os trabalhos dessa operação.

Como parte das ações de segurança no trânsito contidas no "Projeto Trânsito Vivo", em março de 2012 a Operação Lei Seca de Rondônia foi colocada em prática no município de Porto Velho, contando com servidores do DETRAN/RO, da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes - SEMTRAN e policiais da CIATRAN. Hoje a operação é realizada regularmente de quinta à domingo no município de Porto Velho, e também no Interior do Estado, através das sete regionais de fiscalização de trânsito sediadas em Guajará-Mirim, Ariquemes, Jaru, Rolim de Moura, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena.

Também foi dado destaque aos resultados positivos da Operação Lei Seca, como a aceitação da população tendo em vista o tratamento igualitário prestado aos condutores abordados, mas também foi citada a redução do número de ocorrências de trânsito nas madrugadas, inibição de outros crimes na região onde as blitzes são realizadas, recolhimento de armas e entorpecentes, combate à falsificação de documentos e recuperação de veículos roubados ou furtados. 


O Coordenador de Estatísticas do DETRAN/RO, Iremar Torres Lima, demostrou através de tabelas e gráficos o dinamismo do trânsito do município de Porto Velho, que possui a maior frota do Estado, e também sobre a Operação Lei Seca desde a coleta dos primeiros dados estatísticos a partir de maio de 2012. Mostrou ainda os índices de redução de acidentes de trânsito nos horários em que as blitzes da Operação Lei Seca são realizadas na cidade, bem como o índice de acidentes nas principais vias e cruzamentos da Capital de Rondônia.


Por último houve apresentação do Diretor Geral do Pronto Socorro João Paulo II, o Coronel Carlos Alberto Caieiro, que num breve discurso confirmou uma considerável redução do número de atendidos vítimas de sinistros no trânsito, e atribuiu isso às atividades de fiscalização desenvolvidas pelo DETRAN e PM, especialmente a Operação Lei Seca.  

PALESTRAS ESPECIAIS PARA POLICIAIS E SERVIDORES DO DETRAN



Na manhã do desta sexta-feira (17/07/2015) os convidados especais de Santa Catarina e do Rio de Janeiro,  estiveram reunidos com o Diretor Geral Adjunto do DETRAN/RO, Antônio Manuel Rebello das Chagas, juntamente com o Diretor Executivo de Operações, ocasião esta em que trataram de assuntos relativos às ações de trânsito desenvolvidas no Estado. Em seguida foram conduzidos ao hangar o Governo do Estado , de onde partiram para um sobrevoo sobre a cidade de Porto velho. À tarde estiveram no auditório da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito - CIATRAN, onde apresentaram palestras para os policiais militares, cujos temas eram "Fiscalização de Trânsito", "Lei Seca" e "Operação Lei Seca do Rio de Janeiro", havendo inclusive um bate papo em que podaram trocar experiências sobre o desenvolvimento dos trabalhos de combate à embriaguez ao volante. No sábado à tarde (18/07/2015), no Teatro Municipal Banezeiros, foi a vez dos servidores do DETRAN/RO  lotados na Capital e Interior, participarem das palestras dos convidados especiais, não poupando perguntas tampouco comentários sobre os assuntos abordados.



Tanto o Major Ricardo quanto o Major Rocha ficaram impressionados com a parceria e envolvimento entre as instituições do Estado de Rondônia (DETRAN, PM, PC, MPE e Poder Judiciário), quanto às ações da Operação Lei Seca, a qual é uma importante ferramenta na luta pela segurança no trânsito e preservação da vida. Para eles isso é um avanço invejável para boa parte dos Estados que desenvolvem a Operação Lei Seca, e que deve ser preservado e mantido em prol da sociedade. 


Nas primeiras horas desse domingo (19/07/2015), os convidados especiais visitaram a realização de uma blitz da Operação Lei Seca de Rondônia em Porto Velho, e logo em seguida foram conduzidos ao aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira, de onde partiram para os seus respectivos domicílios. 

Todos os servidores do DETRAN/RO e agentes da Polícia Militar estão satisfeitos com os resultados alcançados com os trabalhos desenvolvidos por eles mesmos, no entanto, todos também têm ciência de que muito pode e deve ser feito, afinal, a luta pela segurança no trânsito deve ser contínua, tendo em vista que, ao passo que trabalham incansavelmente na fiscalização e em outras frentes, ao mesmo tempo há o aumento da frota de veículos e de condutores formados, situações estas que trazem maior dinamismo para o trânsito e enseja maior necessidade de investimentos em infra-estrutura viária, educação de trânsito e fiscalização.

LINKS DE NOTÍCIAS




IMAGENS PROMOCIONAIS





FOTOGRAFIAS












































Postar um comentário